Ir para conteúdo

Cáritas diocesana emite carteiras com nome social para transexuais e travestis

Transexuais ganham carteira de identidade em Bauru

IstoÉ

Transexuais e travestis de Bauru, no interior de São Paulo, já podem obter documento de identidade oficial com seu nome social e o gênero que adotaram. Desde esta sexta-feira (25), está em vigor na cidade uma lei municipal que permite a obtenção do documento independentemente de cirurgia para mudança de sexo e sem a necessidade de recorrer à Justiça. A carteira social, no entanto, só tem valor legal no âmbito do município, mas deve ser aceita em instituições públicas e privadas.

A cidade é a primeira do Estado a ter uma lei municipal com esse teor. A iniciativa resulta de parceria entre a prefeitura, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Associação Bauru pela Diversidade (ABD) e a Igreja Católica. Em consonância com o entendimento do Papa Francisco de acolhimento e respeito à diversidade sexual, a Cáritas Diocesana de Bauru assumiu o encargo de emitir os documentos. Oito pessoas transexuais já receberam suas novas identidades.

É o caso de Kimberlly Dantas, de 22 anos, registrada oficialmente com nome masculino, mas que desde criança assumiu a condição feminina. Ela conta que, quando aguardava consulta numa unidade de saúde do município, há alguns meses, a atendente a chamou pelo nome masculino. “Fingi que não era comigo e saí da unidade, tudo para não ter que enfrentar as pessoas me olhando com preconceito”, disse. Sua irmã Allana, transexual de 23 anos, também recebeu o documento municipal com a identidade feminina.

Antes de entrar em vigor a lei aprovada pela Câmara, o município realizou ações de conscientização que incluíram um curso de capacitação para agentes das polícias civil e militar. A Cáritas Diocesana levou a questão ao público católico durante as celebrações religiosas. A carteira com nome social é emitida gratuitamente, bastando que os interessados compareçam à sede da Cáritas com documentos pessoais e comprovante de endereço. Constam do documento municipal a data de expedição, os número do RG e CPF, filiação e data de nascimento e, principalmente, o nome pelo qual as pessoas desejam ser chamadas.

Em maio deste ano, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que os transexuais de todo o País têm direito à alteração do gênero no registro civil, mesmo sem realizar a cirurgia de mudança de sexo. Nesse caso, são levados em conta os aspectos físicos e psicológicos. Os interessados, no entanto, precisam recorrer à Justiça, que fará a avaliação de cada caso.

Leitor Contra-Revolucionário

Arauto do Evangelho e admirador de Dr. Plinio Corrêa de Oliveira. Leitor de notícias do que outrora chamávamos Igreja...

Últimos posts por Leitor Contra-Revolucionário (exibir todos)

  • Lev Orlov

    “Em consonância com o entendimento do Papa Francisco de
    acolhimento e respeito à diversidade sexual, a Cáritas Diocesana de
    Bauru assumiu o encargo de emitir os documentos.”

    Tem que estar muito louco, bêbado, drogado e ter levado muitos chutes na cabeça para dizer que isso é Igreja Católica…

  • Louis

    O campo está cada vez mais dividido. O joio começa a estiar seu estandarte fétido e horrendo. Cabe a nós escolhermos qual bandeira defenderemos. Joio, se prepare! Os dourados trigos te empurrarão e te farão recuar até que Nossa Senhora tenha pena de nós e faça os Anjos descerem e arrasem com o teu pseudo poder. Mas para isso é necessário que os nobres Trigos lutem!

    • Paulo Dias

      Qué que isso Leão?? Cómo disse “cabe a nós escolhermos qual bandeira defenderemos”? Imagino que os Leões já escolheram a bandeira!! Não é possível que ainda exista alguém que duvide em que campo lutar!!
      Os leões só estão aguardando o momento do pulo…

      • Louis

        Lembre-se que não são só os leões que leem esse blog, mas também lebres tímidas e lerdas tartarugas…

  • jose miguel

    É uma nova igreja em choque com todo o Magisterio dos Papas anteriores. É a igreja cismática bergogliana.

    “Em consonância com o entendimento do Papa Francisco de
    acolhimento e respeito à diversidade sexual, a Cáritas Diocesana de
    Bauru assumiu o encargo de emitir os documentos.”

  • jose miguel

    É uma nova igreja em cisma com o Magisterio da Santa Igreja Catolica.
    É a igreja cismática bergogliana.

  • Ricardo

    Seita sismatica Bergoliana

  • Lluvia de Fuego

    Ya sé dónde caerá las primeras lluvias de fuego en el Bagarre.

    “De cierto os digo: en el día del juicio habrá más indulgencia con Sodoma y Gomorra que con aquella ciudad”. (Mt 10,15).

  • Paulo Dias

    O Meu Deus, até quando devemos esperar os acontecimentos de Fátima? É uma carreira contra o tempo! Eles apertaram o acelerador no processo de destruição!!
    Até quando Senhor Deus dos Exércitos?

  • Ernando Sá de Gouveias

    Este site tem artigo mui bem escritos, e mostra uma faceta dos Arautos que eu desconhecia. Porém quando se vai ler os comentários, nota-se uma distância intelectual entre os redactores e alguns comentaristas. Alguns só se limitam a falar a historinha do ‘leão aqui, leão acolá’, e agora tenho que me deparar com a visão poética desse Louis que escreveu abaixo, “que dourados e nobres Trigos lutarão”.
    Senhores comentaristas, por favor, parem de expor ao ridículo uma coisa séria!
    Se não tem capacidade de falar nada útil, calem-se!
    Estão transformando isso aqui em brincadeira?

    • Louis

      Nossa, mas usar uma foto de perfil de um tipo morto como o diretor de comédias Raúl Ramírez, e perguntar se estamos transformando isso aqui em brincadeira? Visão poética? Ora sr. comediante, tudo que é colocado aqui tem seu peso e sua medida, por isso não podemos generalizar a vossa cegueira. Não vou me alongar, pois essas linhas de fogo não foram feitas para espantar moscas, mas para outros efeitos. Sem ressentimento…

      • Paulo Dias

        Acabou com o homem…

  • Alexandre Sand

    Antigamente a Igreja era a Casa de Deus, mas parece que agora é a casa da sogra.
    Todos os relativistas falam e fazem o que lhes dá na telha, com toda a liberdade.

  • Elias

    Vejam só assim fica bem sintetizado: “A Cáritas levou a questão ao público católico Em consonância com o Papa Francisco de acolhimento e respeito à diversidade sexual”… Meu Deus até quando deveremos esperar Vossa Intervenção!!! Mandai Senhor vossos Anjos afim de acabar com essas iniquidades. E peçais que comecem pelo Vosso Santuário… que já não podemos chamar Vosso…

%d blogueiros gostam disto: