Ir para conteúdo

Francisco: “é preciso sempre antepor a segurança pessoal à nacional”

Recente documento de Francisco (Acolher, proteger, promover e integrar os migrantes e os refugiados)  deixou o mundo sem fala: “é preciso sempre antepor a segurança pessoal à nacional”. Surpreendente princípio suicida num mundo globalizado, onde o terrorismo não deixa de atormentar todos os povos de Occidente. O que move a Francisco a tal idéia? Deixamos com o vaticanista Marco Tosatti o comentário:

 

O outro ponto — mas há muitos, nesta carta ideológica projetada para um mundo irreal — é sobre a integração. “A integração não é uma assimilação, que induz a suprimir ou esquecer sua própria identidade cultural”. Mas Santidade, o problema da Europa e, em geral, do mundo ocidental, é precisamente este: o fato de uma certa cultura não ter desejo de se abrir e de se integrar cria, antes, dentro de si sociedades certamente abertas e acolhedoras como a de “Belgistão” ou “Londrestão”, e assim por diante. Diga-se de passagem a realidade em países como a Suécia, tão aberta que não se pode escrever nos jornais a nacionalidade dos criminais para não incitar o racismo, e onde algumas áreas das grandes cidades estão fora do controle do estado.

Santidade, eu entendo que a Europa e o Ocidente não lhe sejam simpáticos, mas de qualquer forma são uma cultura que tem dado muito ao mundo, e que tem o direito de se protegerem e serem protegidos, como os Quéchuas e outros grupos étnicos indígenas. Ou não?

Marco Tosatti


Terroristas pretendiam detonar bomba na Sagrada Família

Obra-prima de Gaudí em Barcelona seria alvo do ataque, frustrado pela explosão acidental em Alcanar

Catedrak da Sagrada Familia em Barcelona

Catedral da Sagrada Familia em Barcelona (iStockphoto/Getty Images)

Mohammed Houli Chemlal, o suspeito ferido na explosão acidental em uma casa de Alcanar, (200 quilômetros ao sul de Barcelona) na noite anterior aos ataques na capital catalã e em Cambrils, afirmou nesta terça-feira, em audiência no tribunal em Madri, que tinha como objetivo detonar explosivos na Sagrada Família e em outros monumentos em Barcelona, informou o jornal espanhol El Mundo.

De acordo com o veículo, fontes legais presentes durante o interrogatório de Chemlal disseram que ele ratificou informações que havia fornecido à polícia quando foi preso, em quase uma hora e 20 minutos de depoimento. Chemlal confirmou que o grupo de terroristas preparava ataques de “grande alcance” em Barcelona e que a explosão em Alcanar aconteceu quando manipulavam material para fabricação de bombas.

Os atropelamentos em Barcelona e Cambril, que deixaram 15 pessoas mortas na última quinta-feira foram uma alternativa improvisada de seguir com o plano de realizar um ataque depois de o incidente Alcanar frustrar o objetivo inicial de detonar os explosivos na cidade.

Os quatro suspeitos presos acusados de pertencer à célula terrorista responsável pelos  foram levados nesta terça-feira ao tribunal para interrogatório. Os outros oito integrantes do grupo morreram, seis deles abatidos pela polícia e dois na de Alcanar onde fabricavam os explosivos.

Os detidos, Driss Oukabir, Mohammed Aallaa, Mohamed Houli Chemlal e Salh El Karib, foram levados em camburões da Guarda Civil escoltados por carros da polícia.

As audiências acontecem a portas fechadas, sem acesso da imprensa. Todos os suspeitos têm o direito de permanecer calados diante das perguntas dos promotores. Depois dos interrogatórios, o juiz deve determinar quais acusações apresentará contra os acusados pelos atentados.

Paulo de Tarso

Alguém que, como o Apóstolo, examina tudo e fica com o que é bom (Cf.I Ts, 5,21).
  • Alexandre Sand

    Pode-se dizer que Bergoglio foi pré-figurado por um clérigo do período da invasão muçulmana, na Espanha: o bispo Opas, prelado que traiu a Igreja e a pátria, recomendando aos católicos que acolhessem os maometanos.
    Era um quinta-coluna, como o atual…
    Não tardará para que também apareça um novo D. Pelayo para reconquistar a Igreja.
    Fiquemos atentos!

  • Carlos José

    Bergoglio quer fazer do islã a religião mundial, os jesuítas querem eleger o budismo: romperão? Não, evidentemente. O que importa é sufocar a Religião Verdadeira, a Católica.
    Mas a Igreja não ficará refém! Aguardem o avanço do Leão!

  • Lluvia de Fuego

    No me pasa por la cabeza porque esa gente no huye a los países vecinos. Pero Europa, cuna del cristianismo.

    Es obvio que esa gente no tenía buenas intenciones y, fueron recibidos con los brazos abiertos.
    Ahora es ese caos.
    Pero tenemos que “Acoger, proteger, promover e integrar a los migrantes y los refugiados”

  • Juan Vargas

    Agora aparece que o cérebro dos atentados em Barcelona (tanto os que deram em mortes, como os falidos) era um “imigrante acolhido” na Espanha… o ímã Abdelbaky Es Satty. Nascido em Marrocos, num dos centros de produção de droga.

    Já tinha passado na cadeia espanhola por ter sido pego com 12 k g de droga… Mas “é preciso sempre antepor a segurança pessoal à nacional” diz Francisco… deixemos a droga circular livremente!! pelas mãos de Es Satty! Viva Francisco, defensor dos drogados e dos contrabandistas de droga!!

    Esse Es Satty deixou uma carta escrita: “En nombre de Ala, El misericordioso, El compasivo. Breve carta de los Soldados del Estado Islámico en la tierra del Ándalus para los cruzados, los odiosos, los pecadores, los injustos, los corruptores”… Mas a esse Satty Bergoglio manda que seja acolhido na Europa, nacionalizado, protegido… para que possa matar mais “cruzados”, matar mais “pecadores”, matar mais “corruptores”. Eles, os yihadistas, creio que são “o braço armado de Bergoglio contra a corrupção e a imoralidade na Europa”. É isso?

    E eu que pensava que o papa deveria ser o pastor das ovelhas, e não o lobo que contrata capangas para as trucidar…!!!

    E seu secretario Parolin vai se abraçar com o assassino Kirill (alias oficialmente membro da KGB!)

    • Lluvia de Fuego

      Sr. Juan, eso no es más que meras circunstancias. Son pobres hombres sin una perspectiva de vida en su tierra natal. ¿Qué podemos hacer?

      Lo importante es acoger, proteger, promover e integrar a los migrantes y los refugiados…

      • Oscar Breckmann

        Se em sua cidade durante à noite um bando de malditos começasse a por fogo em casas de pessoas humildes repetindo todas as noites, o que você faria? Iria no outro dia com uma sacola pedir donativos para reconstruir as casas queimadas ou usaria alguma força para impedir que malditos repetissem seus crimes? Assim também os países cristãos deveriam constituir uma cruzada para acabar com o inferno muçulmano onde quer que ele existisse . Se tivéssemos um Papa de verdade isso já teria acontecido!

      • Lluvia de Fuego

        Necesitamos un nuevo Urbano II

  • Juan Vargas

    Valia a pena ver o video que estão difundido os muçulmanos na Espanha, sobre o que eles pensam da acolhida, proteção, integração… etc. desejadas pelo papa Francisco.
    “la yihad no tiene fronteras; haced yihad donde estéis”
    “Si los opresores cierran las puertas de la emigración, abrid las puertas de la yihad”.

  • Juan Vargas

    “Nuestra guerra con vosotros es hasta siempre, hasta el fin del mundo”.

    Curioso que alguns agencias de noticias muy defensoras del papa y de sus herejias, como ACIprensa, no han querido incluir las frases más calientes de esos terroristas en sus noticias. Por que será?

    Cuáles complicidades con la invasión de Europa llevan a ACIprensa a esconder la sed de sangre cristiana de los musulmanes? Debemos ser mansos corderos delante de los asesinos del Islam? Esa es la enseñanza de Jesucristo?

  • Luiz Eduardo
%d blogueiros gostam disto: