Ir para conteúdo

Bispo de Caicó, RN: Homossexualismo é dom de Deus

 

Na perspectiva da fé quando a gente olha pra homossexualidade, a gente não pode dizer que é opção. Opção é uma coisa que livremente você escolhe e orientação ninguém escolhe. Um dia a pessoa se descobre com esta ou aquela orientação. Escolha vai ser a maneira como você vai viver a sua orientação. Se de uma forma digna, ética, ou, de uma forma promíscua. Mas promiscuidade pode-se viver em qualquer uma das orientações que se tem. Então já que não é escolha, já que não é opção, já que a organização mundial da saúde, desde a década de 90 não considera mais como doença, na perspectiva da fé, nós só temos uma resposta. Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé, só pode ser um dom. É dado por Deus. Dom é isso: é dado por Deus. Não tem jeito! Se não é escolha, se não é doença, é dom, é dado por Deus. Mas talvez os nossos preconceitos não consigam perceber o dom de Deus”.

Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC.
Bispo de Caicó, Rio Grande do Norte.
30 de julho de 2017, festa de Sant’Ana.

Minuto: 5:55

 

  • Hugues

    Tentações de Inveja> “Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé, só pode ser um dom. É dado por Deus”
    Tentações de Orgulho> “Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé, só pode ser um dom. É dado por Deus”
    Tentações de Preguiça> “Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé, só pode ser um dom. É dado por Deus”
    Tentações de Avareza> “Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé, só pode ser um dom. É dado por Deus”
    Tentações de Gula> “Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé, só pode ser um dom. É dado por Deus”
    Tentações de Impureza> “Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé, só pode ser um dom. É dado por Deus”

    Esse aí seria um caso de denúncia para a Congregação para a Doutrina da Fé.

    Mas soube que há poucos dias houve uma orgia gay nessa Congregação….

    Não há nada mais a fazer, a não ser sacudir a árvore, para que seus frutos podres caiam.

    Sacudir com violência.

    .

    • Inacio Lucas

      O homem decaído peca, assim, violando um ou outro Mandamento. Mas suas revolta pode
      ir além, e chegar até o ódio, mais ou menos inconfessado, à própria ordem moral em seu conjunto.
      Esse ódio, revolucionário por essência, pode gerar erros doutrinários, e até levar à profissão
      consciente e explícita de princípios contrários à Lei moral e à doutrina revelada, enquanto tais, o
      que constitui um pecado contra o Espírito Santo.
      Revolução e Contra-Revolução

  • José Ribeiro

    Tô entendendo porque querem fazer visitação Apostólica aos Arautos. Eles não são Católicos e querem expulsar os que são Católicos de dentro da Igreja.
    Mas não consegui fazer isso, com Católico Leão Rompante.

  • Alexandre Sand

    Hoje quem vai comentar as afirmações cínicas e heréticas deste bispo é o próprio Deus.

    [Palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo, dirigidas a Santa Catarina de Sena:]

    “Filha querida, ao participar da Eucaristia, exijo de vós e dos sacerdotes toda a pureza que é possível nesta vida…sobretudo dos ministros. Mas eles fazem exatamente o contrário. Estão inteiramente imundos. E o piór é que não se trata apenas daquela fraqueza natural que a razão pode dominar quando a vontade o quer. Esses infelizes, não somente não refreiam tal tendência, mas fazem algo de muito pior e caem no vício contra a natureza. São cegos e estúpidos, cuja inteligência obnubilada não percebe a baixeza em que vivem…Esse pecado, aliás, não desagrada somente a mim. É insuporável aos próprios demônios, que são tidos como patrões por aqueles infelizes ministros. Os demônios não toleram esse pecado. Não porque desejam a virtude; por sua origem angélica, recusam-se a ver tão hediondo vício. Eles atiram as fechas envenenadas da concupiscência, mas voltam-se no momento em que o pecado é cometido”.

  • Juan Vargas

    Senhor bispo, se tudo é “dom de Deus”: e se alguém receber o “dom de Deus” de dizer que o senhor não é católico? É um “dom de Deus” ou um “preconceito”?
    E se eu “recebi de Deus o dom de dizer que os bispos homossexuais não são católicos”.
    Ninguém nasce homossexual, como ninguém nasce com cromossomas errados. O sr. bispo é homem, tem cromossomas XY, sua mãe é mulher tem cromossomas XX. Isto não pode mudar, ninguém pode mudar todos os cromossomas de uma pessoa.
    Ninguém nasce “errado”.
    A ciência diz que homossexualidade não é doença, mas é escolha livre, como é escolha ser bêbado, ou ser drogadicto.
    Valia a pena o sr. bispo falar com algum médico sério.

  • Ipsa Conteret

    Esta certo, eu dou o meu apoio. Estou do lado dos católicos LEÕES

  • marcos verissimo

    Não quero levantar suspeita, mas quando alguém se torna cúmplice e defende o erro de outro é porque pratica o mesmo erro. Se o bispo é podre, como estará a sua diocese? “É necessário que haja escândalo, mas ai de quem escandalizar”, “A quem mais foi dado mais será cobrado”. Será que existe um lugar mais fundo no inferno do que o lugar dos Papas e Bispos que causaram escândalos? Francamente, e são estes que querem julgar os Arautos por mandarem o demônio para o inferno. Aí se entende a razão, quando eles chegarem no inferno vão dizer para o diabo: “lembra que eu te defendi na terra, einh…”

  • Juan Vargas

    Exatamente… “similis simili gaudet” – o semelhante alegra-se com o que é semelhante a ele.
    Será que esse bispo vai dizer que ele pratica isso que ele chama “dom de Deus”?

  • Rubens

    Na Nota de Esclarecimento deste bispo, datada de 6 de agosto, ele diz que agiu como agiu, porque: “o Papa Francisco já nos pediu bastante vezes … ele (Bergoglio) pede de nós que não fiquemos obcecados em sempre insistir no pecado” e, por causa de sua “prometida fidelidade ao Papa Francisco”, bem como pondo em “prática os ensinamentos de seu (do Bergoglio) magistério”
    Pelos frutos, conhecereis a árvore.

  • João Gregório

    Então, com dor no coração, devemos crer que se realizaram as santíssimas palavras de Nossa Senhora em La Salette, em 19 de setembro de 1846: “Os ministros de Meu Filho, pela sua má vida, sua irreverência e impiedade na celebração dos Santos Mistérios; pelo amor ao dinheiro, das honrarias e dos prazeres, tornaram-se cloacas de impureza”. Infelizmente…

  • charles

    Dom??? Quem é o doador…
    >> O Bispo de Caicó-RN afirma que as manifestações de homossexualidade são um “DOM”…
    Chegou ele a essa conclusão com base em dois “argumentos”: 1º – porque a OMS afirmou que homossexualidade não é uma doença; 2º- porque, de acordo com ele, não é também uma “opção”. Conclusão de um Bispo::” É um dom…”
    Isto é um sofisma barato, primário, uma dialética indigna de estar na boca de um Bispo. As duas premissas não têm conteúdo para justificar sua conclusão. E os DONS do Espírito Santo são a Sabedoria, a Piedade, o Conselho, o Temor de Deus etc. O Bispo inventou um “dom” novo, de uma outra Igreja, de um espírito não-santo…
    >> Como se trata de um Bispo, eu pergunto a Sua Excelência: quem é o doador deste “dom”? Deus? O demônio? Este não tem dom para dar, ele tem possiblidade permitida por Deus para provocar tentação no homem ou na mulher, induzindo-os a atos contrários a Deus e à natureza criada por Deus em ordem a uma finalidade. No caso da atração entre o esposo e a esposa, abençoada pelo sacramento do Matrimônio, deve ela visar a conservação da espécie humana.
    >> Logo, o que S. Excia. chama de “homoafetivo” é uma depravação da natureza, conforme a Igreja sempre denunciou.
    >> S. Excia. faça o favor de me refutar?!
    >>> Perguntar não ofende: O que faz o Vaticano diante deste absurdo?
    Resposta: “Quem sou eu para julgar…”

    ,

  • Luís Antoniello

    Já afirmava Paul Bourget: “Cumpre viver como se pensa, sob pena de cedo ou tarde acabar por pensar como se viveu”. A que conclusões podemos chegar ao ouvir tais palavras de um bispo? Como é possível que um sucessor dos apóstolos profira tais abominações que, ditas há 100 atrás mereceriam-lhe duras penas? Por que atualmente isto é dito de um púlpito? Como pode a CNBB não tomar nenhuma providência? São perguntas que surgem e para as quais só há uma resposta: ISTO NÃO É A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Joana d’Arc

    Mas o que é isso??? Meu Deus do céu… Estamos vivendo um verdadeiro pesadelo… Quando pensamos que esse clero podre chegou no seu auge de abominações, eles ainda conseguem superar!!!
    Cadê a “intervenção” e a “visita apostólica” para esses hereges abomináveis que são a VERGONHA da Igreja??? Para eles, NADA, ou melhor, todo APOIO, AMIZADE e “MISERICORDINA”!!! Lobos vestidos de pastores que de católicos não têm N-A-D-A!!! Levantai-Vos, Senhor! É chegado o tempo! Intervinde!

  • Fernando Alba

    Bem declarou Jesus à Beata Anna Maria Taigi em 1832: “São lobos rapaces, lobos que devoraram muitas ovelhas
    sugando-lhes o sangue uma por uma. Se soubessem o que está preparado
    para eles irremediavelmente!

    “É mais fácil que eu ouça o clamor de um herege do que de um desses
    lobos, tantas vezes lobos quanto são as ovelhas que esses lobos malditos
    devoraram”.
    Aqui Jesus já via este bispo.

  • Charles da Cruz

    Moeda falsa: “homoafetivo” ou degenerado?

    Pôr em circulação expressões tendenciosas é o mesmo que pôr moeda falsa em circulação: o mercado se enche de moeda podre; aliás, ideias podres
    As palavras do Bispo de Caicó-RN deviam brilhar pela precisão, já que está tratando de matéria grave como é a moral sexual católica.
    Ele se lembrou de instruir os fiéis para não usarem a palavra “gay”, e sim “homoafetivo”.
    Sr. Bispo, lembre-se de que a (etimologia) denominação correta é “degenerados”.
    Leia no “Aurélio” e no “Houaiss”:
    Degenerar: alterar uma qualidade que tem ao ser gerado; modificar-se para pior.
    Se Deus criou 2 gêneros (masc. & fem.), quem inventa e renega o seu é um DE-GE-NE-RA-DO!
    Nada de moeda falsa, Sr. Bispo. Conheça etimologia…

%d blogueiros gostam disto: