Ir para conteúdo

As novas obras de misericórdia

As sete obras de misericórdia corporal se tornarão cinco. E muito ecológicas e migrantistas

Marco Tosatti

Uma vez que as notícias verdadeiras são todas ruins, convido-vos não a dar uma risada, mas ao menos um sorriso a respeito do que Romana Vulneratus Curia soube em suas conversas confidenciais com espiões virtuais algumas hipóteses de revisão da doutrina católica…

As sete obras de misericórdia corporal eram:

1ª Dar de comer a quem tem fome;

2ª Dar de beber a quem tem sede;

3ª Vestir os nus;

4ª Dar pousada aos peregrinos;

5ª Assistir aos enfermos;

6ª Visitar os presos;

7ª Enterrar os mortos.

As novas sete obras de misericórdia corporais poderiam se reduzir a apenas cinco:

– dar de comer, beber e dar esmolas aos ciganos

– hospedar, vestir e dar trabalho aos imigrantes

– curar os doentes migrantes jovens e fortes. Abandonar os cuidados para os “incuráveis” velhos e recém-nascidos

– libertar os prisioneiros, exceto aqueles detidos por crimes contra o meio ambiente e que são obstáculo para a imigração

– cremar os defuntos em vez de enterrá-los, para que não poluam o subsolo.

  • Leão Rompante

    hahahahahhahahaha!! Essa foi boa!!!!!

    E os mandamentos da nova igreja que estão querendo criar, quais serão?

    Talvez estes:

    1º – Adorar as partículas de deus em cada criatura, menos nas criaturas que professam o Deus Católico! Pois como disse Francisco: “Deus não é católico!”

    2º – Não usar a doutrina de deus em vão! Nem em vão, nem sem ser em vão! É melhor esquecer a doutrina e a lei de Deus e da Igreja! Isso é coisa do passado! Faça o “bem” ao seu irmão, segundo o seu coração, que as suas abominações nem serão levadas em conta pelo nosso deus “panteoso”…

    3º – Santificar e proteger o imigrante sem estabelecer qualquer critério, mesmo que ele te corte a cabeça! E fica sabendo que se ele cortar sua cabeça a culpa é sua!!! Pois como nos ensinou Francisco numa de suas viagens de avião: “se xingar minha mãe, espere um soco!”. Então, como os imigrantes estão aos socos e aos xingos lá na terra deles, então, é normal que eles cheguem a sua casa e te cortem a cabeça. Se isso acontecer não se preocupe pois o seu processo de canonização sairá rapidinho…

    4º – Honrar o magma de partículas de deus, ao qual pertencemos e ao qual chamamos deus, pois os filhos não pertencem mais aos seus pais, nem ao estado até… pertencem a esse conceito abstrato de destino divino para o qual toda a criatura nasce.

    5º – Não matar a alma eterna! Quanto ao corpo depende do caso, pois como disse o vaticano no caso do bebe inglês Charlie: “temos que nos conformar com a vontade divina” que naquele caso significava deixar matar a criança…

    6º – Não pecar contra o amor do “agape e eros”. E cuidado que não podem ter muitos filhos!!! O Francisco ensinou-nos que : “Algumas pessoas pensam, me perdoem a expressão, que para ser bom e católico é preciso ser como os coelhos”. Por isso, minha gente, nada de ter muitos filhos!!! Deixem os coelhinhos para os muçulmanos. Alguém poderá perguntar: “mas moralmente falando como posso garantir que terei poucos filhos?!?”
    Ora essa… não se preocupe que logo, logo a questão dos contraceptivos será atualizada aos nossos dias…

    7º Não furtar o que pertence à nossa república e religião universais! O que antigamente se definia de propriedade privada, isso não conta, pois nada nos pertence nesta vida… Somos todos do amor pelos irmãos!

    8º Não levantar qualquer tipo de testemunhos ou reações contra o pseudo “erro”! Aliás, já não existe erro! E por isso os santos que queremos nesta igreja de nossos dias, devem imitar a filosofia dos santos “Khmer Rouge” do Camboja! O modelo deles é o boi que trabalha, trabalha, trabalha, vai para onde o mandam, faz o que se lhe diz e não reclama! Assim devem ser os santos da nossa igreja!

    9º – Se você for homem, não deseje a mulher do próximo! Mas se desejar o próximo da mulher, então não tem problema, pois o homossexualismo é dom de Deus!

    10º – Não cobiçar nada! Nem para si, nem para a sua família, nem para a igreja, nem para o progresso da civilização, nem para nada! Simplesmente você terá de se conformar com o que lhe for dito! Pode deixar que a função de pensar e de delinear o futuro, fica por nossa conta. Não se meta nisso!!!!!!

    QUE ESTES MANDAMENTOS SEJAM ESCRITOS SOMENTE EM DUAS FOLHAS DE PAPEL RECICLADO PARA NÃO AGREDIR O NIRVANA DA NATUREZA!

%d blogueiros gostam disto: