Ir para conteúdo

Diretoria da TFP: Nosso leão está na jaula…

 

Carta de um simpatizante dos Arautos, admirador da TFP e aderente de RESIDUUM REVERTETUR

Caros leitores,

Salve Maria!

Permitam-me mais uma vez dirigir-lhes uma palavra, na tentativa de lhes oferecer uma interpretação fiel dos fatos ocorridos em torno do histórico momento que estamos vivendo.

Há certo tempo, um amigo sintonizado com assuntos polêmicos da religião católica me contou um segredo:

– Sabe a TFP? Em meio a processos, divisões, litígios de toda ordem e rachas, ela recebeu uma palavra de ordem: Cala a boca desse Leão! Faça-o ficar quietinho, falando só de piedade católica, mensagem de Fátima, e até de filantropia.

A confidência me assustou, mas logo vi que correspondia à realidade dos acontecimentos. O aparentemente indomável Leão TFP foi dócil à orientação recebida: seus diretores o anestesiaram, fizeram-lhe um carinho na juba, e a fera acedeu mansamente ao gesto com um afetuoso ronronar, entrando numa jaula, encostando indolente na própria grade, e adormecendo preguiçosamente.

 

Quem deu a palavra de ordem, ficou contente…

Passou um tempo, e ouviu-se um grande e terrível rugido. A TFP – não a inspirada nas combativas atuações do Dr. Plínio, mas uma TFP espúria e vendida, ou seja, a Diretoria empossada em razão de ordem judicial em 2004 –, se assustou, pois o seu Leão ainda se encontrava na jaula, dormindo como um gatinho. Então eles se deram conta de que o verdadeiro Leão TFP não está com eles… E para dizerem ao mundo que continuam obedientes à ordem recebida, fizeram um comunicado medroso e hipócrita. Sim, hipócrita: porque eles bem sabem quem são os verdadeiros leões: os que sofrem atualmente a perseguição por terem se mantido fiéis ao espírito e ideais de Plinio Corrêa de Oliveira. Entretanto, dizem que não conseguiram encontrar os autores do Manifesto-Denúncia.

Assim, sabemos tratar-se de um texto que simplesmente atesta o descomprometimento dessa tal diretoria com qualquer atitude vigorosa, sugestiva do glorioso passado combativo da TFP. E saem com essa: “nosso leãozinho está quietinho e bem anestesiado na sua jaulinha…

Pois a ela e a todos os que quiserem, dormindo ou acordados, enfrentar o verdadeiro Leão TFP, vai outra ameaça: cão que ladra, não morde; mas leão que ruge, ataca.

Residuum Revertetur

Perfil Oficial

Últimos posts por Residuum Revertetur (exibir todos)

Categorias

Português

Tags

%d blogueiros gostam disto: