Ir para conteúdo

Mais um escândalo de pedofilia envolvendo a Igreja choca Argentina

UNISINOS

Ele tem 52 anos, é casado e pai de dois filhos. Trabalhou como professor de tênis e importador de móveis, mas hoje enfrenta o desafio de viver uma verdadeira cruzada para combater o abuso sexual a crianças. Seu front de batalha é a página no Facebook Cruzada Francisca, pelo qual recebe denúncias de casos e articula apoio a vítimas e suas famílias. A vida de Rufino Varela mudou desde que trouxe a público os abusos que sofrera aos 12 anos de idade, dentro de uma escola de confissão católica na Argentina. Mas não é qualquer escola, é uma das mais tradicionais do país, a Cardenal Newman. Recentemente, o colégio virou notícia por destacar que entre seus ex-alunos com notoriedade na sociedade está o atual presidente argentino, Maurício Macri, além de vários membros de seu governo.

Varela tinha 12 anos quando foi abusado pelo padre irlandês Finnlugh Mac Conastair, conhecido no colégio como padre Alfredo. Sua história voltou a público nessa semana, cerca de seis meses depois de relatar em detalhes os abusos ao jornal La Nación. Desde então, Varela diz que vem reunindo testemunho de outros ex-alunos, chegando já a 22 casos relatados. A direção do Newman informa que cinco estudantes se apresentaram a uma comissão de psicólogos criada especialmente para tratar desses casos. Entretanto, reconhece que o número de vítimas pode ser muito maior e que muitos sequer querem reviver suas histórias de abusos.

VER MAIS…

Leitor Contra-Revolucionário

Arauto do Evangelho e admirador de Dr. Plinio Corrêa de Oliveira. Leitor de notícias do que outrora chamávamos Igreja...

Últimos posts por Leitor Contra-Revolucionário (exibir todos)

Categorias

Escândalos

Tags

%d blogueiros gostam disto: